ANP reavalia necessidade de aditivação compulsória da gasolina

Revendedores tiram dúvidas sobre Benzeno em encontro em São Lourenço do Oeste
14 de junho de 2017
Revendas devem possuir seguros obrigatórios
20 de junho de 2017

ANP reavalia necessidade de aditivação compulsória da gasolina

Compartilhar:

Fonte: ANP

A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) realizou hoje (12/6) audiência pública para discutir alterações na Resolução ANP Nº 40/2013, que estabelece as especificações das gasolinas automotivas.

Entre as mudanças propostas, está a suspensão da aditivação compulsória da gasolina e a convocação dos setores envolvidos no assunto para um estudo de reavaliação da real necessidade da implantação da medida em nível nacional. A reavaliação levará em conta a evolução das tecnologias aplicadas aos combustíveis e aos motores nos últimos anos, assim como a proteção dos direitos do consumidor.

Tatiana Motta Vieira (Procuradoria Geral), Carlos Orlando da Silva (SBQ/ANP), Aurélio Amaral (Diretor/ANP) e Leandro Trinta de Farias (SBQ/ANP)

“O mercado brasileiro mudou. A gasolina evoluiu, o teor de enxofre passou de 1000 partes por milhão (ppm) para 50 ppm. A matriz veicular teve aumento da participação dos biocombustíveis. Essa sucessão de fatos nos levou a fazer uma reflexão, a colocar o assunto em estudo para verificarmos o melhor custo-benefício para a sociedade”, afirmou o diretor da ANP Aurélio Amaral.

A ANP criou uma comissão para avaliação da aditivação compulsória, com integrantes de diversas superintendências da Agência. A comissão deverá apresentar à diretoria da ANP relatório contendo o resultado dos estudos no prazo de até 180 dias.

Fale conosco
X