Comunicado a imprensa: falta de combustíveis em Santa Catarina

SINDIPETRO/SC oferece cursos obrigatórios sobre benzeno
22 de maio de 2018
Fecombustíveis e SINDIPETRO/SC orientam associados sobre a prática de preços abusivos
25 de maio de 2018

Comunicado a imprensa: falta de combustíveis em Santa Catarina

Compartilhar:

Diante a situação de falta de combustíveis em diferentes cidades do Estado, o SINDIPETRO/SC (Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo de Santa Catarina) informa que tem atuação em 75% de Santa Catarina, abrangendo 222 cidades, por isso não há como apurar com exatidão a quantidade de postos paralisados, uma vez que sua base possui aproximadamente 1.200 empresas.

As informações são de que há desabastecimento de combustíveis em postos de todas as regiões do Estado, sem exceções. Algumas cidades estão com o estoque zerado em todos os estabelecimentos. O sindicato e seus revendedores estão cientes que quando o abastecimento for retomado, levará alguns dias para que toda a situação seja normalizada.

As situações mais agravantes estão no Planalto Norte, Sul, Meio-Oeste e Oeste. Alguns munícipios estão sem gasolina desde a quarta-feira. Em Joinville e Jaraguá do Sul diversos postos também estão com o estoque zerado. A notícia da falta de produto em alguns estabelecimentos gerou mais movimento nos postos com combustíveis e, com o aumento da demanda, o estoque pode se esgotar antes do previsto.

Em Paial, próximo a Xanxerê, o único posto da cidade, está abastecendo apenas veículos policiais e de saúde.
Diante da atual situação, o SINDIPETRO/SC frisa que é de extrema importância que toda a categoria da revenda esteja atenta à gravidade do momento e não contribua para a piora dessa situação com atitudes como as que foram noticiadas pela imprensa da prática de preços abusivos.

Neste momento, os revendedores precisam estar atentos à relevância do seu papel social e contribuir, na medida das suas possibilidades, para a solução dessa crise que atinge graves proporções.

O SINDIPETRO/SC espera que o governo reveja a cobrança dos altos impostos e a política de preços dos combustíveis e dê uma solução o mais breve possível, para que dessa forma o abastecimento em todo estado possa ser reestabelecido o mais rápido possível, evitando ainda mais prejuízos para os revendedores.

O SINDIPETRO/SC reafirma que é solidário a todo e qualquer tipo de manifestação, desde que pacífica e ordeira, respeitando sempre a cláusula constitucional que concede a todo cidadão o direito de ir e vir. Esperamos que o governo apresente um solução rápida ao impasse, para evitar vultuosos prejuízos à economia do País, devido aos bloqueios de rodovias que rapidamente trazem implicações para toda a sociedade.

Fale conosco
X