Consumidor pode exigir teste de combustíveis em postos

Presidente do SINDIPETRO/SC acompanha posse de secretário em Florianópolis. Confira as ações da semana.
16 de março de 2018
SINDIPETRO/SC participa de reunião do Consep na Associação Empresarial de Joinville
26 de março de 2018

Consumidor pode exigir teste de combustíveis em postos

Compartilhar:

Às vezes surge aquela dúvida: será que a quantidade paga pelo combustível foi a mesma que entrou no tanque do veículo? Se o consumidor estiver confuso pode pedir para que o posto de combustíveis faça o teste de qualidade e de volume. Dário Lins é fiscal da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e explica que é possível exigir o teste de proveta, que mede a porcentagem de etanol misturado à gasolina.

O etanol hidratado, o popular álcool, usado para abastecer, não deve conter impurezas e nem ter a coloração alaranjada, que pode significar irregularidade. Já para saber se a quantidade de combustível está correta, é necessário pedir a aferição do volume. O fiscal esclarece que é utilizada uma medida-padrão de 20 litros do Inmetro.

Além disso, o consumidor tem o direito de saber a origem do combustível. Luiz é gerente de um posto em Curitiba e conta que cada vez que um caminhão chega para repor o produto, é feita uma verificação.

O SINDIPETRO/SC possui três assessores de campo para oferecer o curso de Análise de Combustíveis e cumprir a Lei. Na foto o assessor Yuri Silva ministra qualificação para os colaboradores do Posto Kastelly, em Monte Castelo.

O fiscal diz que em alguns casos de irregularidades o dono do estabelecimento pode perder o registro de autorização de venda. Na última semana, foram visitados 11 postos em Curitiba e região. Dois deles foram interditados por problemas na qualidade do combustível.

O SINDIPETRO/SC oferece aos postos associados de sua base o curso para Análise de Combustíveis gratuitamente. O empregador precisa pagar apenas o valor de R$ 9,90 referente a confecção e envio do certificado. Para mais informações ligue: 0800 474 474 ou mande e-mail: administrativo@sindipetro.com.br

Fonte: CBN Curitiba

Fale conosco
X