Etanol: preços mantém tendência baixista e caem em 21 estados e no DF

Produção de gasolina no Brasil avança no primeiro trimestre
3 de maio de 2016
Frentista reage a assalto e joga álcool em ladrão, que pega fogo ao atirar
11 de maio de 2016

Etanol: preços mantém tendência baixista e caem em 21 estados e no DF

Compartilhar:

Portal UDOP

Rogério Mian

10/05/2016 – Os preços do etanol hidratado caíram em 21 estados e no Distrito Federal na semana de 1º a 7 de maio, segundo apurou a ANP. Com a queda nas cotações, voltou a ser economicamente viável abastecer com o biocombustível nos estados de São Paulo (já em vantagem desde a semana passada) e nos estados de Mato Grosso e Minas Gerais, com paridades de 69,75% e 69,82%, respectivamente, em relação aos preços praticados na gasolina.Aumento-do-etanal-na-gasolina-09-03-15-567x340

O litro do etanol hidratado subiu apenas nos estados do Pará e no Acre. A maior alta foi no Pará, onde o litro do biocombustível foi vendido, em média, a R$ 3,627. A maior baixa de preços ocorreu no Piauí, onde o litro do hidratado caiu 5,57%, com preços médios na casa de R$ 3,069 o litro. Os preços ficaram estáveis em Rondônia e no Sergipe. A ANP não informou os preços médios do Amapá.

Indicador Cepea/Esalq também caiu

Os preços apurados pelo Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea/Esalq), da USP, também fecharam em baixa na semana de 2 a 6 de maio. O hidratado caiu de R$ 1,3452 o litro da semana anterior, para R$ 1,3369 o litro da última semana, baixa de 0,62% no comparativo entre as duas semanas. Já o anidro desvalorizou 0,90%, com o litro custando R$ 1,5327 nesta semana, contra R$ 1,5466 da semana de 25 a 29 de abril.

Indicador Diário Paulínia

Já o indicador diário Paulínia, segundo a Esalq/BVMF, fechou novamente em baixa na última sexta-feira (06), com negócios em R$ 1.258,00 o metro cúbico, 0,28% a menos do que os preços praticados no dia anterior. Esta foi a sétima sessão seguida de desvalorização do etanol hidratado, segundo este índice.

Fale conosco
X