O Lucro das Estufas

Análise de Combustíveis com Alto Padrão
16 de julho de 2015
Atividades realizadas durante o primeiro quadrimestre de 2015
29 de agosto de 2015

O Lucro das Estufas

Compartilhar:

Há horários em que não podemos fugir da vontade de nos alimentarmos. Muitas vezes isso acontece quando estamos na rua, e as lojas de conveniências são uma grande saída para uma refeição rápida e saborosa.

Mas algumas vezes não é bem assim que encontramos um dos setores mais desejados pelos clientes. Itens como lanches, salgados e os saborosos cafés são os mais procurados na hora da fome. E quando encontramos uma estufa de lanches com pouca variedade de produtos ou praticamente vazia, deixa-nos uma sensação de frustação por ter escolhido o local que era para suprir exatamente o que precisávamos naquela hora tão primordial. E assim, perde-se mais um cliente.

A margem de lucro

pao-de-queijoNo quesito dos Food Service, na maioria das vezes a margem de lucro chega facilmente aos 100%. É um produto de fácil aceitação e giro rápido, com pouquíssima perda, devendo ser tratado com muito carinho pelos proprietários, pois hoje já representa algo em torno de 12% do lucro da conveniência e com grande avanço em virtude da sua rentabilidade.

Com o aumento do mercado de trabalho, as pessoas passam mais tempo na rua e alimentam-se mais. Nos Estados Unidos, por exemplo, as estruturas são dignas de grandes restaurantes, inclusive com produção própria. Os postos adaptam-se, produzindo seus próprios sanduíches, salgados e diversos itens ao gosto do cliente, o que, no final do dia, faz uma grande diferença no caixa da empresa.

Estufa cheia, lucro certo

salgadosUm pão de queijo amarelinho, uma esfirra bem assada, pastéis e risoles douradinhos, sanduíches variados, bolinhos de carne, empadinhas tostadinhas e tantas outras variedades de alimentos rápidos, deixam-nos com água na boca quando nos dirigimos ao balcão para fazer o pedido.

Os “olhos que veem são os mesmos que pedem”, e assim, à medida que chegam os clientes não resistem à variedade e às cores tão irresistíveis. Podemos dizer que, paralelamente ao lucro certo, muitas vezes o cliente, além de comer no local, também acaba levando algo para seu trabalho ou para sua casa.

estufa-cheia estufa-vazia
As estufas devem estar sempre cheias, organizadas, limpas e com produtos novos. Estufas vazias acabam frustrando o cliente que procura um lanche rápido.

 

 

Fale conosco
X