Petrobras buscará esforço extra em combate à Crise Hídrica após pedido da Aneel, diz CEO

Senado aprova MP que eleva tributação de Bancos para permitir subsídio ao Diesel
23 de junho de 2021
Petrobras pisa no freio dos investimentos e Estrangeiras já detêm 20% do mercado brasileiro de Óleo e Gás
24 de junho de 2021

Petrobras buscará esforço extra em combate à Crise Hídrica após pedido da Aneel, diz CEO

Compartilhar:

A Petrobras alocará equipes técnicas para buscar formas de contribuir mais para a garantia do abastecimento elétrico do Brasil, em meio a uma crise dos reservatórios de hidrelétricas, após a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) pedir esforços adicionais da estatal.

Dentre as medidas em estudo, a petroleira poderá aumentar mais a oferta de gás natural, para atender o acionamento maior de térmicas, além de disponibilizar mais infraestrutura e logística e, eventualmente, aumentar a própria geração de energia.

O esforço extra foi debatido nesta terça-feira em um encontro entre o diretor-geral da Aneel, André Pepitone, e o presidente da petroleira, Joaquim Silva e Luna, na capital federal.

“A Petrobras continua cada vez mais empenhada em contribuir com a mitigação do problema energético provocado pela baixa afluência hídrica desse período”, disse Luna.

O pedido de mais apoio da Petrobras vem enquanto o governo adota diversas medidas para evitar falta de energia, após o Brasil ter registrado a pior estação chuvosa para as hidrelétricas – principal fonte geradora do país – em mais de 90 anos.

“A Petrobras está fazendo um grande esforço no diálogo com o setor elétrico para enfrentar a crise hídrica. Nós da Aneel reconhecemos esse grande esforço e solicitamos ações adicionais para aumentar a oferta de geração”, disse Pepitone.

Na próxima semana, equipes técnicas da Aneel e da Petrobras se reunirão para avaliar a possibilidade de implementar novas medidas, acrescentou a assessoria de imprensa da Petrobras. Não foi acertado ainda, no entanto, um cronograma para as possíveis ações.

A Petrobras já vem adotando, desde o início de 2021, ações para ampliar a oferta de gás e colaborar com a maior geração de energia termelétrica, segundo a Reuters publicou anteriormente.

A companhia tomou medidas com potencial de elevar em 36% a oferta de gás natural na comparação com a demanda registrada no primeiro trimestre deste ano, com maior importação e maximização de produção de algumas unidades.

Representantes do setor elétrico temem uma piora do quadro em agosto, quando historicamente os níveis de chuva são mais baixos no ano.

Nesta terça-feira, o diretor-geral do Organizador Nacional do Sistema Elétrico (ONS), Luiz Carlos Ciocchi, afirmou que a situação do abastecimento de energia no Brasil no momento “merece atenção, mas está sob controle” e sem risco de racionamento.

A fala reforça uma nota publicada pelo Ministério de Minas e Energia, dizendo que vem implementando ações para garantir o fornecimento de energia elétrica no Brasil e não está tomando quaisquer medidas objetivando o racionamento de energia elétrica.

 

Fonte – https://www.moneytimes.com.br/petrobras-buscara-esforco-extra-em-combate-a-crise-hidrica-apos-pedido-da-aneel-diz-ceo/

 

SINDICATO DO COMÉRCIO VAREJISTA DE DERIVADOS DE PETRÓLEO DO ESTADO DE SANTA CATARINA – SINDIPETRO/SC

Fale conosco
X