Preços médios de gasolina, diesel e etanol recuam nos postos nesta semana, diz ANP

Em vídeo, assessor jurídico Alam Mafra, explica os principais pontos da MP 936
7 de abril de 2020
ANDRÉ BORGES/ESP. METRÓPOLE
Postos dizem que distribuidoras represam cortes da Petrobras
7 de abril de 2020

Preços médios de gasolina, diesel e etanol recuam nos postos nesta semana, diz ANP

Preço dos combustíveis apresentou queda nas bombas nesta semana Imagem: DIORIO/ESTADÃO CONTEÚDO/AE

Preço dos combustíveis apresentou queda nas bombas nesta semana Imagem: DIORIO/ESTADÃO CONTEÚDO/AE

Compartilhar:

Os preços médios de gasolina, diesel e etanol recuaram nos postos brasileiros nesta semana, após cortes consecutivos dos preços da Petrobras nas refinarias neste ano, apontaram dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) nesta sexta-feira.

O movimento de baixa ocorre em meio a uma derrocada das cotações internacionais do petróleo e seus derivados no ano, por impactos do coronavírus sobre a demanda global e por uma guerra de preços entre sauditas e russos pelo mercado da commodity.

O preço médio do diesel —combustível mais consumido do país— recuou 1,6% nos postos nesta semana, ante a semana anterior, para 3,437 reais por litro. Já o valor médio da gasolina nos postos caiu 2,3% na mesma comparação, para 4,298 reais por litro. O etanol, concorrente da gasolina nas bombas, caiu 3,2% no período, para 3,039 reais por litro.

Responsável por quase 100% da capacidade de refino no Brasil, a Petrobras já cortou preços da gasolina em 43% em 2020, enquanto no diesel a redução acumulada é de cerca de 30%.

O repasse dos movimentos aos combustíveis nos postos, no entanto, não é automático e depende de diversas condições, como estoques, impostos, margens de distribuição e revenda e mistura de biocombustíveis.

Fonte: Uol Economia
Fale conosco
X