Resolução da ANP proíbe a comercialização de novos tipos de lubrificantes

Sindipetro na mídia: gasolina está mais baixa em Joinville
2 de março de 2017
Homenagem ao Dia da Mulher
8 de março de 2017

Resolução da ANP proíbe a comercialização de novos tipos de lubrificantes

Compartilhar:

A partir do dia 30 de junho, os lubrificantes com níveis mínimos de desempenho API SJ, API CG-4 e ACEA vigente não poderão mais ser comercializados, conforme determina o artigo 23 inciso III, da Resolução ANP n.º 22, publicada em 14 de abril de 2014, sob pena de autuação.

Através desta mesma resolução, em 2015, a ANP proibiu a comercialização de outros tipos de lubrificantes (API SF e API CF), entretanto muitos revendedores não se atentaram para a data limite e foram autuados, sendo a multa mínima aplicada, para este caso, no valor de R$20.000,00.

Orientação é que produtos sejam retirados das revendas após o dia 30 de junho

A orientação é que, a partir do dia 30 de junho deste ano o revendedor que ainda possuir os tipos de lubrificantes acima mencionados retire-os do ponto de venda e também do estoque, dando-lhes a destinação correta, pois se a fiscalização visualizar algum frasco destes dentro do posto revendedor, este será autuado.

Fonte: Minaspetro

Fale conosco
X