Sindipetro disponibiliza adesivo sobre a venda proibida de combustíveis em saco plástico e garrafa pet

Postos de combustíveis precisam cumprir a legislação com a implantação e manutenção da caixa separadora de água e óleo
18 de maio de 2017
Sindipetro realiza encontro com revendedores no Oeste do Estado
22 de maio de 2017

Sindipetro disponibiliza adesivo sobre a venda proibida de combustíveis em saco plástico e garrafa pet

Compartilhar:

Em validade desde 2008, a venda de combustíveis em garrafas pet e sacos plásticos é proibida pela Norma Técnica da ABNT NRB 15.594-1. Apesar da proibição ser antiga, muitos consumidores desconhecem a norma e frequentemente os funcionários das revendas acabam ouvindo reclamações, e, precisam explicar que os postos não podem vender o produto em embalagens inapropriadas.

Pensando nisso, o Sindipetro elaborou um adesivo contendo todas as informações sobre a norma, reduzindo o tempo que o frentista dispensa ao repassar os dados aos clientes. Para adquirir basta entrar em contato no telefone gratuito 0800 474 474.

 A norma determina que a venda de combustível fora do tanque do veículo só pode ser feita por meio de recipientes metálicos ou não metálicos, rígidos, certificados e fabricados para este fim e que permitam o escoamento da eletricidade estática gerada durante o abastecimento.

A ABNT não define um modelo específico para os recipientes, porém as bombonas de plástico com selo do Inmetro, volume de 5 litros, e com tampas de rosca para vedar o conteúdo são as mais recomendadas.

Fale conosco
X