SINDIPETRO/SC está atuando incansavelmente em prol dos revendedores de combustíveis desde as paralisações dos caminhoneiros

Ministério da Justiça publica documento regulamentando Portaria nº 735
6 de junho de 2018
SINDIPETRO/SC discute repasse do desconto do óleo diesel com Procon Estadual
12 de junho de 2018

SINDIPETRO/SC está atuando incansavelmente em prol dos revendedores de combustíveis desde as paralisações dos caminhoneiros

Compartilhar:

Iniciada no dia 21 de maio, a greve dos caminhoneiros praticamente paralisou o Brasil durante 10 dias.

Em Santa Catarina os cerca de 1.200 postos de combustíveis da área de abrangência do SINDIPETRO/SC (Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo de Santa Catarina), em 222 cidades, ficaram sem gasolina logo nos primeiros dias.

Desde então, a equipe do SINDIPETRO/SC têm trabalhado incansavelmente na defesa de seus associados. No terceiro dia da greve, o sindicato recorreu ao Judiciário e obteve liminar para que os caminhões tanques pudessem circular pelo Estado.

Imediatamente, o presidente do SINDIPETRO/SC, Luiz Antonio Amin e equipe estiveram pessoalmente em algumas bases de distribuição para verificar o cumprimento da ordem de desbloqueio.

O desabastecimento tornava-se cada vez mais crítico, então, o SINDIPETRO/SC solicitou ao governador Eduardo Pinho Moreira, autorização de uso das forças de segurança (Defesa Civil, Policia Militar, Exército, Polícia Civil, PRF, entre outras) nos postos e rodovia bloqueados.

O SINDIPETRO/SC mobilizou inúmeras autoridades, deputados e entidades solicitando o retorno do abastecimento de combustíveis no Estado, conforme amplamente noticiado pela imprensa catarinense.

Atuação do SINDIPETRO/SC foi destaque no jornal A Notícia do dia 1 de junho

O sindicato, também, foi convidado a participar de reunião do Comitê Integrado de Crise do Estado, sob a coordenação do Governado Estadual e da Defesa Civil, e, no dia 29 de maio, finalmente foi autoriza o uso das forças de segurança para desmobilização do movimento e como prioridade, a escolta dos caminhões-tanques de combustíveis desde as bases até os postos.

O reabastecimento foi retornado na quarta-feira (30), logo no início da manhã. Passada uma semana, os estoques estão normalizados em quase todo Estado.

Agora, o SINDIPETRO/SC se empenha para auxiliar o revendedor de combustível a cumprir a determinação do Governo Federal de repasse para as bombas da redução do preço do diesel.

Muito trabalho está sendo realizado. O SINDIPETRO agradece a compreensão e o apoio de seus associados. O êxito deste trabalho depende da confiança e desta estreita comunicação estabelecida.

Acompanhe abaixo algumas reportagens veiculadas sobre as ações do SINDIPETRO/SC durante a paralisação.

Reportagens veiculadas o SBT Santa Catarina

Entrevista do vice-presidente Gabriel Wuff sobre as negociações na base de Itajaí

Manifestantes bloqueiam a saída de caminhão da base de Guaramirim, no Norte do Estado

Em Lages, manifestantes seguem com bloqueio, mesmo após acordo

Reportagens Veiculadas na RICTV Record

Entrevista Record News

Presidente fala, ao vivo, sobre a situação dos combustíveis no Estado

Reportagens veiculadas na NSC TV

Postos de Joinville registram falta de combustível 

Posto em Joinville registra longa fila mesmo sem gasolina

Com escassez de gasolina em postos, motoristas enfrentam filas para abastecer em SC

Postos de Joinville registram falta de combustível

Combustível começa a ser distribuído nos postos de Lages

Situação dos postos em Joinville deve ser normalizada nos próximos dias

Postos devem normalizar atendimento nos próximos dias, diz Sindipetro/SC

Postos no Sul de SC sem previsão de abastecimento

Giro de repórteres combustível começa chegar aos postos de Santa Catarina

Motoristas formam filas em postos de combustíveis de Criciúma

Após reabastecimento, postos vendem gasolina com valor reajustado em Santa Catarina

Fale conosco
X